17/03/2014

A arte em persuasão.




Sente-se confiante e seguro nas suas técnicas de persuasão ?


Depois de meses e meses a ceder o seu conteúdo mais valioso, ouve os grilos cantar quando apresenta ao seu público uma oferta?

Sem feedback...nenhuma venda. 

E sabemos que existem pessoas que parecem ter uma tremenda resposta para tudo o que fazem online.

Você sabe quem são essas pessoas . Eles obtêm o tráfego, recebem comentários  e conseguem vendas.

Sente-se cansado de estar sempre a comer o pó deles, né? Se assim for , permita-me alguns minutos para lhe demonstrar como uma criança de cinco anos de idade, lhe pode salvar o dia sendo ele um especialista em persuasão.


Vamos descobrir os segredos da persuasão


Digamos que se chama Afonso. Afonso é uma criança que consegue o que quer - quase sempre.

Quanto persuasivo é o Afonso?

Ele tem uma pessoa no supermercado que lhe abre um saco de batatas fritas que ainda não tinha sido pago.

Ele escolheu aleatoriamente um estranho num passeio - antes que eu pudesse intervir - e convenceu a pessoa a comprar-lhe um gelado de uma máquina de venda automática. Eu ainda não sei exactamente o que o Afonso lhe disse, mas funcionou.

Este tipo de coisas acontecem com uma regularidade estonteante, e eu estou tão feliz por ele ser meu filho - porque eu posso castigá-lo para toda a vida , se ele for trabalhar para um marketer rival. :D

Ele é hábil na arte da persuasão . Aqui estão quatro coisas que o meu filho me ensinou em levar as pessoas a fazer o que você deseja - sempre...

1 . A arte em pedir

Apesar de assegurar repetidamente
ao Afonso que ele não iria encontrar bolo numa loja de ferragens, Afonso aproximou-se de um dos empregados de qualquer maneira e perguntou:
 " Você tem bolo? "

Em vez de demover da ideia que não existiam bolos numa loja de ferragens, o funcionário acaba por nos levar para uma sala onde alguém tinha acabado de celebrar um aniversário.

Deram uma grande fatia de bolo de aniversário ao garoto, e eu reaprendi uma das lições mais básicas de persuasão.

 Dica # 1:

 Você tem que perguntar sempre o que quer, ou nunca irá convencer alguém a fazer alguma coisa .

E, assim como pedir  bolo numa loja de ferragens, existem dois lugares comuns onde nós bloggers , muitas vezes não pensamos em pedir o que queremos. Eles são :

1 -  Pergunta no final de um artigo 

 Sempre que dê a alguém algo de valor (como um artigo informativo no seu blog ) , passa a ter disponível um grande momento para dar às pessoas um pequeno empurrão para que entrem na sua lista de e-mail ou olhar com mais atenção para um produto ou serviço que você ofereça.

2 - Pergunte novamente depois de terem tomado medidas 

 Se alguém acabou de fazer a chamada para a acção - tal como se ter junto à sua lista de e-mail ou mesmo comprado algo - convide-os imediatamente a tomar mais decisões. Eles  estão a atravessar o "momentum" temporal em agir , e é um óptima oportunidade em fazer-lhes passar na frente deles uma oferta que não possam recusar .

Faça o que fizer , não escreva nada sem incluir uma chamada específica para a acção.

2 . Encontre o ângulo direito

Bem, o Afonso viu demasiadas vezes " Alice no País das Maravilhas ". 

Uma vez quando eu lhe disse para fazer algo que ele não queria fazer, ele disse :

"Pai - fora com a tua cabeça! " ( A Rainha de Copas está sempre a dizer isto)

"Isso não é uma coisa muito agradável para se dizer "  disse eu.

Logo, Afonso mudou o tom . " Fora com a tua cabeça ... por favor ? "


 Dica # 2:


 Qualquer mensagem torna-se mais persuasiva quando testa diferentes abordagens e veja o que funciona melhor. Algumas maneiras eficazes para testar são:

Split Test: 

Mostre metade de uma mensagem aos seus visitantes, e apresente a outra metade numa versão ligeiramente diferente da mensagem inicial. Veja qual delas produz melhores resultados .

Faça perguntas aos seus prospectos : Encontre o seu mercado-alvo online e peça-lhes que avaliem as suas ofertas e mensagens . 

Reclamações : Oportunidade para melhoramentos. 

Reclamações acerca do seu negócio ou reclamações dos seus concorrentes são igualmente úteis .
Pergunte aos clientes :

 Pergunte a cada um dos seus compradores o que os convenceu a aceitar a sua oferta e ajuste a sua mensagem nesse sentido.


3 . Esquematize todo o processo em etapas que possa gerir mais tarde

Os DVDs infantis estão fora do alcance do Afonso. Várias vezes me pediu para lhe dar acesso aos DVDs para que ele pudesse vasculhar à vontade (e ser no fim qualquer escolha rejeitada ).

Quando deixei de o fazer, Afonso elabora uma nova estratégia.

"Pai ... levanta-te. " Eu tinha acabado de recusar outros pedidos , por isso vi-me obrigado a fazê-lo.

Uma vez que eu estava de pé , ele disse: " Segura-me. " Ok. Agarrei nele .

"Agora vamos ali. " Ele apontou para onde os DVDs estavam.

Eu tive que rir . O garoto já me tinha dado a volta , por isso fui até onde os filmes estavam , e o Afonso começou mais uma vez a vasculhar.

Bem jogado, meu filho.

 Dica # 3:

 Se as pessoas não estão a fazer o que você quer , pode esquematizar o processo das etapas que as pessoas irão tomar para melhorar a sua persuasão?

Você pode fazer uma chamada telefónica, criar uma versão gratuita, ou fazer uma oferta especial ? Tente isto na etapa onde as pessoas se dispersem.


4 . Emular estratégias bem-sucedidas

"  Afonso olha para a irmã e diz " Estás muito linda com esse vestido ! "

" Obrigado Afonso ! " Diz a Madalena de volta.

"Pai",sussurrou baixinho. "O que é que lindo quer dizer?"


Dica # 4:

Se funciona para os outros, experimente consigo .


Olhe para os sites da concorrência ou mesmo noutro nicho de mercado, junte-se à lista de e-mail deles , estude os seus anúncios, e veja todos os webinars deles . Que coisas persuasivas eles dizem , e como o dizem? Parece-lhe estar a funcionar para eles?

De seguida, olhe atentamente para os diferentes tipos de vendas incluindo a parte escrita fora do nicho da sua indústria. O que o convence a si? O que faz você mover-se para a acção? Você pode adaptar isso ao seu negócio ?

Sempre que alguém de sucesso te impele a comprar qualquer coisa , pergunte-se a si mesmo:  "Como é que eles fazem isso? E poderei adaptar isto de forma a que faça sentido para o meu negócio ? "

5 . Arranje elogios

Afonso tem uma opinião bastante elevada de si mesmo, e não tem dificuldade em encontrar pessoas que concordam . Ele ouviu demasiado a frase " És muito bonito! "

Ele colecciona literalmente elogios em todos os lugares que vai, e você como internet marketer deverá efectuar isso  também.

Dica  # 5: 

Elogios e depoimentos são extremamente persuasivos , se usados correctamente.

História / Testemunhos

Se você realmente atirou para fora a bola do terreno de jogo do seu cliente , escreva uma narrativa detalhada do que realmente aconteceu. Quanto mais pintar a história para esse cliente , melhor. Detalhe como o seu cliente se sentiu antes, durante e depois que ele pisou dentro do negócio. Os testemunhos irão dar uma perspectiva diferente aos seus potenciais clientes que estão a  lidar com a mesma situação que o seu cliente - e você não estará a vangloriar-se pois será o seu cliente a falar.




Sem comentários:

Enviar um comentário