14/02/2014

Faça você mesmo - 8 dicas SEO para poupar dinheiro

Sendo pequeno ou médio empresário online, a contratação de um consultor de qualidade em Optimização para os Motor de Busca ( SEO ) ou mesmo agência, pode ser bastante caro e um terreno meticulosamente complicado de navegar. 


Orientar e gerir eficazmente consultores de SEO é igualmente desafiador. Que perguntas lhes pode efectuar? Que tácticas estão a desenvolver ? Que resultados foram alcançados ?





Aqui estão 10 dicas de SEO que você pode implementar de imediato antes mesmo de contratar uma agência de SEO ou um consultor.



1 . Entenda o mercado online do seu nicho e o seu público-alvo

Ter uma compreensão do mundo real dos seus clientes e do público-alvo é apenas metade da história. Hábitos e comportamento, muitas das vezes diferem em linha em comparação com o mundo offline. A presença desligada  proeminente não  equivale a uma  presença online dominante. Por exemplo, uma loja líder no mercado nacional que os seus stocks estejam armazenados e que venda cortinas e persianas , pode ter uma concorrência muito mais complicada se existir uma empresa que esteja somente na plataforma online.

Pesquise online acerca de produtos e serviços que você oferece e tire notas dos sites mais proeminentes . Estude os comentários de clientes e de referência e veja a presença e actividade deles nas redes sociais. 

Você provavelmente irá encontrar empresas que não se deparava antes de efectuar essa mesma pesquisa. .

2 . Mestre na procura de palavras-chave

Você provavelmente irá perceber o seu jargão da indústria e esteja consciente de que os seus clientes podem usar termos diferentes do que os seus colegas no nicho de mercado em que se insere para referir os seus serviços ou produtos. O processo de pesquisa de palavras-chave fornece uma compreensão arredondado de frases-chave , termos de pesquisa , e também procura online de produtos ou serviços.

Todos os empresários e gestores que pretendam comercializar online devem de saber como trabalhar com um pesquisador de palavras-chave. 

Sugiro ferramentas de pesquisa de palavras-chave grátis tal como o Planificador de palavras-chave da Google (  Keyword Planner ) que requer que tenha uma conta do Google AdWords , e o Übersuggest , uma ferramenta para o  Google onde ainda optimiza mais a sugestão fornecida pelo Keyword Planner.

Se tem recursos, então existem ferramentas de pesquisa pagas que vale a pena tentar ver tais como a  SEMRush e Wordtracker .

Tente também perceber dentro do seu nicho de mercado as frases-chave principais (gerais e de maior volume de pesquisa ) e frases-chave de "cauda" longa (frases -chave variadas e mais específicas geralmente mais de quatro palavras) .


3 . Planeie o seu site

Agora que você tem uma noção mais completa das palavras-chave mais procuradas e as palavras de "cauda" longa mais relevantes , você tem uma ideia que páginas deverá conter no seu site para essas mesmas consultas das pesquisas efectuadas.
Cada palavra-chave prioritária na sua pesquisa deverá ter uma página correspondente no seu site.

As palavras-chave de "cauda" longa deverão ser utilizadas em posts e nas FAQs ( Perguntas e respostas ao cliente ) .

4 . Construir o seu site

Agora que tem uma real ideia de que páginas deve conter o seu site , o próximo passo será construir o melhor site no seu nicho de mercado, com a ajuda de um web designer ou mesmo uma agência profissional.


5 . Começar a blogar ou produzir conteúdo regular e consistente

Você tem de começar a publicar o seu próprio conteúdo de uma forma programada . Não estou a defender que deve transformar o seu negócio numa editora por publicar conteúdo diariamente. Programação semanal, actualizações bimestrais ou mensais é a minha recomendação - a consistência é a chave. Também tenha em mente que o conteúdo não precisa necessariamente ser um texto - por exemplo, uma empresa de arquitectura poderia publicar fotografias tiradas profissionalmente dos seus projectos e poderia publicar newsletters semanais de vídeo . Publicação de conteúdo que está adaptado aos hábitos de consumo de conteúdo do seu público-alvo é o objectivo.

6 . Construa a sua presença nas Redes Sociais

Você tem muitas opções para escolher aqui, tal como o Google +, Facebook , LinkedIn , Twitter, Pinterest, e muitos mais. As redes sociais permitem-lhe que se conecte aos seus clientes e criar uma audiência para o conteúdo que você produz. Compreender e nutrir essas relações poderá produzir resultados rapidamente e ajuda drasticamente no seu SEO no longo prazo .

7 .  Relações Públicas

Relações públicas desempenha um papel fundamental no SEO. Você deve saber como o fazer:

Contar uma história convincente sobre a sua marca ;
Desperte a atenção da imprensa;
Não desperte apenas os jornalistas , mas também os blogueiros e influenciadores nas redes sociais;
Use as redes sociais para estabelecer relações e promova a sua marca.


8 . Entenda o Google Analytics

Ter uma compreensão básica do Google Analytics é crítico. Entenda o tipo de relatórios de cada guia que o Google Analytics cobre - Audiência, Aquisição , Comportamento , conversões e em tempo real.

Isso ajudá-lo-à a apreciar o conceito de tráfego e as suas fontes , bem como permite que você leia os relatórios mensais ou semanais fornecidos pelo seu SEO ou agência de web design.

A importância da análise de marketing digital é semelhante aos relatórios financeiros em contabilidade.


Espero que estes 8 passos possam ajudá-lo a poupar dinheiro, obter uma melhor classificação, e evitar ser posto de fora das pesquisas dos motores de busca. 

Sem comentários:

Enviar um comentário