02/07/2013

Os 6 passos da sedução - Ser Copywriter


Como copywriter, você estabelece a linha comunicativa e traduz o conteúdo aos seus leitores

A meta final do marketing sendo copywriter é de criar textos promocionais com a intenção de persuasão e sedução através das palavras, e que leve o leitor a tomar a decisão que o escritor do conteúdo (copy) quer que ele tome.


O objectivo das suas campanhas de marketing tem duas vertentes: gerar contactos e, vendas. Se você está à procura de pistas, para aumentar as suas vendas, ou ambos ...

O retorno do seu investimento dobra sobre a precisão e o poder de sua mensagem sendo copywirter.


As palavras que usa que atrai compradores ou afasta-os. E, uma perspectiva indiferente a isto em breve esses potenciais compradores serem clientes dos seus concorrentes. Mensagens de conteúdo, são as palavras e frases que usa para atrair novos potenciais clientes e transformar esses contactos em clientes ao longo do seu percurso no Internet Marketing..

Até que ponto é sedutor?


Para começar, você precisa saber exactamente quem você quer seduzir em 6 passos diferentes ...


1. Descreva o seu leitor ideal

Descrever e visualizar o seu leitor ideal faz com que o seu conteúdo seja muito mais vivo e pessoal.

Isso não significa que você vai vender o seu produto ou serviço apenas para aquela pessoa. Isso significa que quem  aproxima o seu leitor ideal deve sentir que o seu conteúdo é escrito para ele.

O seu leitor ideal deve tornar-se o seu amigo imaginário. Você deve conhecer o seu leitor ideal tão bem que  pode iniciar uma conversa com ele a qualquer momento. Você sabe quando ela balança a cabeça, porque você disse algo que não ele concorda. Você sabe o que faz o sorriso ou mesmo a risada. Você sabe as perguntas que eles querem que sejam respondidas. Você sabe como encantar e embelezar tudo.

Ao descrever o seu leitor ideal, não basta pensar sobre demografia, como idade, sexo, rendimentos, educação e circunstâncias familiares. Você tem noção do que ele sonha em alcançar? E o que o mantém acordado às 3 da manhã?

Sempre que está a realizar o copywrite, imagine que está a escrever para o seu leitor ideal. A sua escrita tornar-se-à mais charmosa, mais interessante e mais persuasiva.

2. Criar uma lista abrangente de recursos, benefícios e objecções

Você gosta de falar sobre a sua empresa. O seus produtos. Dos seus serviços.

Talvez esteja empolgado com as recentes melhorias que você fez em termos de desenvolvimento pessoal, ou sobre as novas técnicas que você aprendeu recentemente. Ou, talvez você tenha passado muitos meses desenvolvendo novas funcionalidades para os seus produtos.

Você está a vender o seu produto ou serviço, de modo que tem necessidade em escrever sobre isso, certo?

Errado.

A dura verdade é que ninguém está interessado em si, na sua empresa ou nos seus produtos, porque as pessoas só estão interessados ​​em si mesmos.

 Para vender os seus produtos, você precisa de se concentrar nos benefícios deles direccionados para os seus leitores.

Antes de começar a escrever, tem de finalizar a sua pesquisa:

Criar uma lista completa de características e especificações
Apresentar cada recurso como benefício para o seu leitor ideal
Considerar os problemas que ajudam a evitá-los
Anote as objecções à compra e decidir como pode resolvê-los
Fazer pesquisa e planeamento do seu copywrite vai ajudá-lo a torná-lo mais sedutor.


3. Desenvolver uma proposta de valor atraente


Muitas pessoas acham que só se necessita de dizer algumas palavras mágicas para seduzir alguém, mas isso  claro está, está a milhas da verdade. Necessita de determinar as palavras certas para iniciar uma conversa, de modo a que essa pessoa lhe dê a oportunidade para ficar a saber o quão divertido é estar consigo.

A a sua conversa inicial é a chave. Seduz o leitor ideal para saber mais sobre si.

A proposta de valor geralmente consiste num título, possivelmente, um subtítulo e 3-5 parágrafos de conteúdo quente. O título pode simplesmente indicar o que faz ou mencionar o benefício principal de trabalhar consigo.

Os visitantes da web estão sempre com pressa, eles têm decisões relâmpago para determinar se um bom site para eles ou não. O título deve ser claro, credível e conciso. Não use jogos de palavras.

Não faça os visitantes da web pensar, simplesmente.

4. Escrever um primeiro esboço

Vamos dizer que um novo leitor chegou ao seu site ...

O título e o conteúdo quente que escreveu no blog, incentivou-o a descobrir mais sobre si. Você começou uma conversa, e agora é preciso encantar com o seu produto ou serviço - é preciso descrever a sua oferta e convencer o visitante da web a agir.

Você pode querer que um visitante novo no seu blog compre directamente a si, ou uma consulta inicial gratuita através de questões ou comentários, ou para se inscrever na sua newsletter. Mas você precisa convencê-lo a agir e resolver as objecções para que o faça.

Se você tem a sua lista de características, benefícios e objecções, é fácil decidir qual o conteúdo para uso e em qual página. Faça texto completo e convincente, mencionando todos os benefícios de trabalhar consigo, e abordando todas as objecções que o visitante possa ter.

Escrever copywrite significa simplesmente persuadir o seu leitor ideal para dar o próximo passo no processo de venda. Verifique se o seu prospecto sabe o próximo passo a dar.

Sinta-se livre para ser mandão e dizer-lhe exactamente o que tem de  fazer a cada passo. ;)


5. Edite o seu texto de copywrite

A edição não é apenas  a correcção  gramatical ou erros ortográficos. Você precisa fazer o seu texto mais envolvente, credível e convincente.

Considere os seguintes passos ao editar o seu exemplar:

Verifique a sua lista de características, benefícios e objecções para garantir que  não perde nenhuma mensagem de venda importante
Edite o seu copywrite para scanners, criar posições atraentes e pontos fascinantes, e seguir a pirâmide invertida como esquema.
Faça o seu conteúdo mais credível e convincente
Aumentar a legibilidade do texto de copywrite e simplifique-o 
Corrigir erros
Leia o texto em voz alta e imagine que você está a falar com o seu leitor. Será que ele entende o que diz? Será que ele gostou? Será que consegui convencê-lo a tomar uma decisão?

6. Optimize o seu post

Você quer também seduzir no Google, não quer?

E se tentar com que o motor de busca lhe envie algum tráfego extra?

Normalmente, quando escreve para o seu leitor ideal, suas páginas são amigas de SEO também. Use as mesmas palavras que usa para captar leitores ideiais e terá melhor chance de ser encontrado no Google.

Escrevendo com frequência sobre a sua área de especialização é bom para os seus leitores. Também é bom para SEO.

Usando a linguagem do seu cliente é bom para os seus leitores. Também é bom para SEO.

O desenvolvimento de uma ampla rede de especialistas e editores web no seu post, e referenciando as suas ideias (incluindo links) no seu conteúdo, é bom para os seus leitores. Também é bom para SEO.

Sempre escrever o texto para o seu leitor ideal primeiro que tudo e só depois  optimizar para os motores de busca.